I miss Brasil…

Estou escrevendo de novo, mas em outro local. O novo blog é I miss Brasil, um título bem apropriado. :-) Vou deixar o Stripped aberto durante mais algum tempo, depois vou fechar aqui, redirecionar as visitas e encerar as operações do Mondo Exotica. Os amigos já pararam de escrever por aqui e os que ainda escrevem foram para outras paradas.

Foram bons anos, mas esta na hora de começar algo novo. Te vejo por lá. I miss Brasil.

Continue reading

Consciencia…

Ontem li um artigo sobre a garota que foi xingada na faculdade que dizia que ela vai (foi?) ser expulsa. Como uma instituição de ensino pode enviar a mensagem de que é bacana xingar uma pessoa porque ela esta vestindo algo que não gostamos e se a pessoa se defender, ainda leva o pior? E se da próxima vez for por opção sexual, cor da pele ou religião? Minha mãe já dizia, minha liberdade acaba onde começa a da outra pessoa. E o mais engraçado é que estamos falando do Brasil, um país com mulheres fruta, carnaval e muita bunda. Hipocrisia. Cegueira. Vergonha.

Espero que alguma instituição a favor da mulher e contra violência se manisfeste e que isso não aabe em pizza.

Essa notícia me deixou ainda mais passada porque aconteceu na mesma semana em que uma garota de 15 anos foi brutamente estuprada e surrada durante 2 horas e meia por pelo menos 10 rapazes, quanto um grupinho de outros 10 assistiam, tudo isso do lado de fora de uma escola em Richmond, California.

A violência contra a mulher não tem limites… :-(

Continue reading


Mais uma novela…

Recentemente decidi assinar a Globo para poder assistir aos videos exclusivos na integra (seriados, jornalismo, variedades e novela). Depois da animação inicial em ouvir os atores falando português (ai que saudades!), bateu a realidade: como eles gritam! É realmente preciso falar gritando nas novelas? Assista um seriado gringo e você vai ver que os atores não gritam e sim falam normalmente. É prá isso que existem os microfones. ;)

A segunda reclamação: a qualidade dos textos. Estou me referindo a novela das 8 (ou 9?), Viver a Vida, onde os diálogos são extremamente forçados, superficiais e desconexos. Tudo bem, uns podem dizer que isso é novela, não podemos esperar muito deste gênero, mas ainda tenho na memória novelas bem escritas, com diálogos excelentes, que envolviam o expectador. Não é a toa que nossas novelas são (eram?) as melhores produções do gênero no mundo. Quem assistiu novelas de Janete Clair, Ivani Ribeiro, Cassiano Gabus Mendes, Benedito Ruy Barbosa sabe do que estou falando. E o que mais me supreende é que ela é de Manoel Carlos, que escreveu uma das minhas novelas favoritas, Baila Comigo.

Assistindo a novela fiquei com aquela sensação de que um assunto precisa ficar sendo repetido inúmeras vezes para que o telespectador entenda o que esta se passando, como se eu fosse uma imbecil. Para tratar seus expectadores como idiotas já chega Hollywood com seus filmes imbecis e veja onde eles estão indo parar…

Continue reading

,

Direita x Esquerda

Tenho lido muito sobre política e ontem vi este chart lindo explicando a Direita(Democrata) e a Esquerda (Republicana) nos USA. No site oficial você pode baixar um template e fazer seu próprio chart.

Visite o site para pegar o template e clique na imagem para ver maior.

Direita e Esquerda no USA / Chart

Continue reading

, ,

A quoi ça sert l’amour ?

Continue reading

LA Lights + Moon

la-lights

la-light_moon

Continue reading

, ,

San Luis Obispo / Hearst Castle

hearst1

hearst

san-obispo

fofo

Continue reading

, ,

Florida

Continue reading

Downtown LA

Continue reading

Holidays. Bah!

Aproveitei as festas e fui ver muitos filmes. Finalmente alguns filmes bons. The Wrestler é muito bom. Mickey Rourke esta excelente, mas é triste. Eu gostei o final, se fosse diferente do que foi eu teria ficado pê da vida. Vale a pena com certeza.

Doubt, baseado numa peça do mesmo nome tem a excelente Meryl Streep e o enojante Philip Seymour Hoffman nos papéis principais e apesar de ambos estarem ótimos em seus papéis, é um filme que eu não consigo give a damn. O tópico é sério, mas é ficção, logo da vontade de dizer “e daí?”. Não curti.

The Curious Case of Benjamin Button é aquele filme de natal que o povo espera ver. Loooooooooongo (me deu uma dor nas costas danada) mas devo dizer que valeu a pena. É bonito e bem composto sem ser exageradamente melodramático (thank god!).

E finalmente Milk, com o excelente, extraordinário Sean Penn no papel principal, Harvey Milk. Eu adorei esse filme e como era de se esperar, me deu mais material que estou usando na minha “revolta contra a américa” (do norte, claro). Foi bom ver Gus Van Sant executando este filme, porque depois de Paranoid Park ele estava me colocando prá dormir.

Fomos ver The Day the Earth Stood Still (não merece link), com o boneco de papelão de Keanu Reeves, ele estava ocupado demais para fazer o papel do alienígena e mandou um daqueles bonecos de papel para fazer sua parte, mas não se preocupe, você não vai notar diferença nenhuma. Preciso dizer algo mais? :-)

Que mais? Nada.

Continue reading

prev posts